blog NORONHA LIFESTYLE    Tips selecionadas por quem vive o que a ilha tem de melhor

30 TIPS NORONHA 360º

Fizemos um giro de 360º na ilha e selecionamos dicas de 30 lugares imperdíveis que você não pode deixar de visitar em Noronha!

 
01 - FORTE DOS REMÉDIOS

01 - FORTE DOS REMÉDIOS

Essa linda vista fica no Forte dos Remédios, há apenas 10 minutos andando da Casa Luz! Varios canhões de guerra apontados pro mar, encrostados nas ruinas do que sobrou do antigo presídio, hoje faz dele um dos cartões postais da ilha, um lugar com 360º de belezas.

 
02 - PRAIA DO PORTO

02 - PRAIA DO PORTO 

Diferente da maioria dos portos do mundo, a Praia do Porto de Santo Antônio é limpa. A água é perfeita para banho, por ser rasa e rica em corais, é excelente para fazer uma apneia. Um pouco mais a diante próximo à boia que fica na curva de entrada do porto, existe um naufrágio de um navio grego com mais de 100 metros de destroços que formou lindos corais e pode ser apreciado bem de perto pelos mergulhos de cilindro oferecidos pelas empresas que ficam nas areias da praia! A diversão no porto é pra todas as idades. As crianças podem brincar tranquilas no mar calminho enquanto os pais podem curtir as atividades diversas oferecidas nesta praia. Tem SUP (stand up paddle), canoa havaiana, tem canoa com o fundo transparente, barracas de praia para alugar e barracas de bebidas e petiscos. Próximo ao porto tem lojinha para alugar equipamentos e é de lá que saem todos os passeios de barco e mergulhos embarcados, assim como é do porto que chegam todos os insumos que abastecem a ilha.

 
03 - FORTE DE SANTO ANTÔNIO

 03 - FORTE DE SANTO ANTÔNIO

O que um dia foi um forte de guerra, eu vejo hoje um portal de luz e de boas energias! O Forte de Santo Antônio fica logo depois da descida da capelinha de São Pedro! As ruínas formam lindas molduras nas paisagens icônicas de Noronha. Dá pra se contemplar um belíssimo por do sol com sossego, já que este ponto é muito pouco frequentado. É possível encontrar alguns canhões desta fortificação, mas a bola de fogo mais fascinante é o sol poente que causa grande encanto ao deitar no mar.


ILHA DE SÃO JOSÉ Uma das ilhas secundárias mais próximas do nosso arquipélago é o Morro de São José, na maré seca, ele abre este caminho de pedras e é possível atravessar da ponta do Air France até chegar lá! Para isso é preciso agendar uma visita no ICMBio, mas sem a necessidade de um guia credenciado. Essa porçãozinha de terra guarda a mais linda preciosa e maravilhosa piscina natural do arquipélago! Poucos chegam até ela, pois se entretém com programações mais turísticas mais conhecidas e mais rentáveis para o trade! 


 

PONTA DO AIR FRANCE Chegamos no extremo norte da ilha principal. A Ponta do Air France é um espaço descampado de vegetação rasteira. Ele carrega este nome porque já foi ponto de parada para abastecimento de hidro-aviões da companhia francesa na segunda guerra. Aposto que os franceses que aqui viveram diante desta paisagem perfeita com visão 180° do nascer ao por do sol, não cansavam em dizer - merveilleux, incroyable, spectaculaire! Escolhi a imagem que mostra bem a Sela Gineta, uma das ilhas secundárias que você pode apreciar do Air France.


 

CAPELA SÃO PEDRO DOS PESCADORES Essa graciosa capelinha localizada no alto da colina que fica no extremo norte da ilha encanta a todos pela simplicidade da sua construção em harmonia com a exuberância da natureza. Nos primeiros dias de lua cheia, como hoje, por exemplo, é possível avistar o sol se pondo e a lua nascendo. Ela é voltada para o poente e sua porta é de madeira maciça esculpida com a imagem de São Pedro dos Pescadores e São Francisco de Assis, protetor dos animais. A capelinha que é cenário dos mais lindos casamentos, ficou famosa depois de ter sido escolhida pelo Paulinho Vilhena e Thaila Aiala. Desde então é preciso meses de antecedência para conseguir reservar uma data para casar na capelinha.


 

ENSEADA DOS TUBARÕES Localizada um pouco depois do Buraco da Raquel, a enseada dos tubarões, como o nome já diz, é o lar doce lar dessas criaturas tão adoradas por todos no arquipélago! Deste mirante que fica no algo da colona da igrejinha, é possível avistar diversos tubarões lixas adultos, de até 3 metros de comprimento, passeando nessa enseada. O acesso à água é proibido por ser uma área estratégica para a reprodução destes predadores, vistos aos montes. O melhor horário para avistá-los é na maré cheia! 

 

BURACO DA RAQUEL Apesar da sua descida ser proibida, essa rocha bem no raso rasgada de uma ponta a outra por uma fenda por onde as ondas atravessam é famosa por rezar a lenda de que a filha de um militar na época da ditadura, descia até este buraco com seus pretendentes, mas essa é só uma das versões da origem do nome deste curioso lugar. Aqui os tubarões depositam seus ovos e forma um verdadeiro berçário. O local fica bem em frente ao Museu dos Tubarões, famoso pelo delicioso bolinho de bacalhau, pela sua torta de chocolate maravilhosa e seu acervo impressionante de esqueletos de tubarões das mais variadas espécies.


 

PRAIA DAS CAIEIRAS A praia dos 50 tons de azul é também a praia do sol nascente! A Caieira é voltada para o leste. Aqui nascem os primeiros raios de sol do Brasil. A praia tem um belo mirante onde corre um vento forte e constante vindo do Mar de Fora (o mar voltado para o continente africano). Ela é o ninho de amor dos tubarões, que lá depositam seus ovos. A praia não é das melhores para banho, seu visual pede mais um livro, uma aula de yoga no mirante, uma meditação ao nascer do sol e ao nascer da lua cheia, alguns casais buscam o aconchego da relva e do seu visual deslumbrante.

 

TRILHA LONGA DA CAIEIRA Um dos ambientes mais selvagens e exóticos da ilha, a Trilha Longa da Caieira inicia pelo portão da Atalaia e segue pela costa nordeste da ilha com visuais incríveis como este. Um dos pontos espetaculares desta trilha é a piscina natural que fica logo abaixo deste precipício, ela é perfeita para prática de snorkel. Para fazer esta trilha é preciso agendar no ICMBio uma data com um guia credenciado. Durante a trilha ainda paramos em mais duas piscininhas. É muito comum ver filhotes de tubarão na última que já fica na pontinha da Praia da Caieira.


 

PRAIA DA ATALAIA  O encantador berçário dos mais variados peixinhos, polvos, filhotes de tubarão, todos numa enorme e encantadora piscina natural com vista para a ilha do frade, também conhecida pelo Dedo de Deus! Esse pedaço de paraíso precisa ser agendado no ICMBio para conhecer e não necessita de guia credenciado. A trilha para chegar dura cerca de 30 minutinhos e sai do Portão da Atalaia na Vila do Trinta. Lá é uma área extremamente sensível aos impactos humanos e por isso o controle de pessoas por dia se faz necessário. É proibido entrar com nadadeiras para não destruir os corais e protetor solar também está proibido nesta piscina, a melhor solução é vestir roupas de proteção UV.

 

PRAIA DO SUESTE O recanto das tartarugas. A praia forma uma baía que é o lugar preferido das tartarugas marinhas. A praia conta com o Pic do Sueste, um ponto de informação e conveniência, lanchonete, lojinha, aluguel de equipamento e guias a disposição. Para chegar é facil. A praia fica no final da br que também é ponto final para os onibus.

 

FORTE DE SÃO JOAQUIM DO SUESTE Localizado à direita da Baía do Sueste, este mirante guarda fortificações apontadas para o mar de fora e de lá é possível ver diversas ilhotas e rochedos além de toda Baía do Sueste que é o recanto das tartarugas marinhas. O acesso ao forte é pela mesma estrada que vai para a Praia do Leão e a Ponta das Caracas. Vale a pena conhecer!

 

PONTA DAS CARACAS  Este é um dos pontos imperdíveis da ilha. A Ponta das Caracas é um encontro de águas agitadas numa plataforma de rochas vulcânicas submersas que forma um degradê de tons de azul fascinante. Para chegar, você pode vir de buggy pela estrada do leão e seguir à esquerda na placa sinalizando o mirante. A força do vento, do mar, das ondas, dos pássaros que aqui voam é revigorante!

 

PRAIA DO LEÃO  A Praia do Leão fica no sudeste da ilha, onde o mar é voltado pra África. O acesso é por uma estrada de barro que fica no finalzinho da BR, próximo à entrada do Sueste! A chegada é fenomenal, você consegue ver do alto do mirante toda a praia, as duas ilhotas bem próximas da areia e uma plataforma de corais formando piscinas que mais parece brincar com formas geométricas, por onde entram cardumes enormes de sardinhas e tubarões que dá pra avistar lá do alto. A descida é feita a pé por uma trilha e em alguns minutos seus pés ganharão uma massagem nas areias macias e claras do Leão. Poucos sortudos descem nessa praia, pois a maioria dos visitantes que fazem o trajeto de ilha-tour, não descem por orientação dos guias que acusam o lugar de mar agitado e forte correnteza. Mas isso nunca me impediu de entrar no mar até a cintura, mesmo em dias mais agitados. Os dias calmos esse mar fica tão tranquilo que dá pra fazer uma apneia até os rochedos! Nunca mergulhe sozinho nessa praia. Você pode ter a sorte de encontrar um tubarão tigre. O leão é a praia dos casais e dos artistas que querem o máximo de privacidade, exatamente por ser muito pouco frequentada, apesar de esconder belas e pouco exploradas piscinas naturais no finalzinho da praia. Elas variam de acordo com as condições do mar. Se você não estiver de buggy, agende um taxi para buscá-lo ou vá preparado para uma boa caminhada, pois nenhuma operadora de telefone funciona bem nesta localização. As tartarugas também amam esta praia para desovar, é a que concentra todo ano o maior número de ninhos.

 

TRILHA CAPIM AÇU  Imagine ver a ilha por ângulos que quase ninguém vê. Assim são as paisagens do alto dos mirantes da trilha da Capim Açu, a mais longa da ilha, são 6 km ao todo que sai de uma estradinha ao lado da entrada do Pic do Sancho e segue floresta a dentro até este alto desfiladeiro, chegando na faixa sul acessível, a mais estreita da ilha, onde se avista desde as ilhas secundárias até o buraco da sapata, na ponta final da ilha. A volta é pelo mar de dentro, o mar voltado pra áfrica. E de cara já descemos numa península cavada de um lado a outro por uma caverna que dá nome à trilha. O mar atravessa a caverna trazendo violentas ondas que batem numa pedra e nos proporciona uma visão emocionante de um grande chafariz de águas. A caverna tem pedras coloridas e próximo à ela tem piscinas naturais, bem como no árduo caminho de volta com algumas centenas de metros pelas pedras até encerrar a trilha na Praia do Leão. Para fazer esta trilha é preciso agendar no ICMBio e aconselho um guia credenciado para conduzir o percurso nos horários favoráveis da maré.

 

BAÍA DOS GOLFINHOS Que visual espetacular! A Baía dos Golfinhos pode ser vista do alto deste mirante incrível! Ele fica no topo do penhasco da grande muralha que forma a baía, abrigo de centenas de Golfinhos que elegeram esse lugar como sua casa. Lá eles se divertem, fazem amor, se reproduzem e descansam. Para conseguir vê-los é preciso chegar bem cedo! Por volta das 6h o espetáculo começa mas eles não tem uma agenda fixa. Mesmo que você não consiga acordar cedo para vê-los, a visão dessa baía já compensa! Na temporada das baleias jubartes na ilha, elas também dão as caras por lá. Todos os dias, voluntários do Projeto Golfinho Rotador, fazem a contagem dos animais que entram e saem da baía. Mergulhar na baía é proibido, mas se você der sorte, certamente vai cruzar com eles em algum momento!

 

TRILHA DO MIRANTE DOS GOLFINHOS Para chegar no mirante da baía que abriga as criaturas mais encantadoras desse arquipélago, você vai caminhar 1 quilômetro por um deck de madeira ecológica, cercado de árvores nativas, algumas enormes que abrigam centenas de ninhos de albatrozes, noivinhas e viuvinhas que habitam a floresta da ilha. Muitas vezes o teju-açu, um grande lagarto, atravessa a trilha por baixo do deck. O caminho que te leva ao mirante dos golfinhos é lindo e ao chegar lá, você pode continuar a trilha pelos mirantes do Sancho. 

 

PRAIA DO SANCHO  Ela é a mais bela praia do mundo, eleita pelo maior site de reviews de viajantes do planeta, TripAdvisor. Ela reúne a transparência das águas, a beleza dos seus corais laterais e no meio dela, a mansidão da baía, a proteção dos imensos paredões, os coqueiros, a vida marinha, os pássaros sempre fazendo festa no céu, os mirantes de tirar o fôlego, as cachoeiras em épocas de chuva, o caminho até mergulhar nela não é tão fácil, o paraíso tem o seu preço! Para chegar é preciso pegar uma estradinha de chão ate chegar no Pic do Sancho que é uma base de informações, controle de entrada na área do parque, venda de souvenirs, lanchonete com banheiro, duchas e aluguel de equipamento para mergulho, ao passar do Pic você caminha alguns metros por um deck de madeira ecológica até chegar às escadas e quando terminar sua descida pelas escadas encravadas nas fendas, desce outra escadaria até chegar na areia da praia, mas olha, vale muito a pena! Não é atoa que ela recebeu esse título.

 

MIRANTE DOS DOIS IRMÃOS Se prepare pra uma dose extra de emoção. O impacto de chegar a este mirante é, sem dúvida, uma sensação inexplicável. Não há foto que consiga definir a magnitude de estar diante deles; os Dois Irmão, duas pedras vulcânicas gigantes e preciosamente esculpidas pelo mar e pelo  Vento ao longo dos milhões de anos desde que o vulcão dessa ilha esteve em atividade. Imersas num mar esmeralda, os morros gêmeos, que parecem duas pirâmides tem uma energia inenarrável. Até os mais ansiosos conseguem ter um choque nos nervos e por algum tempo todos param pra admirar essa paisagem. O mirante fica no alto de um precipício, acima da Baía dos Porcos, mas seu único acesso é por uma trilha pelo Ponto de Apoio do Sancho, trilha cheia de visuais encantadores, cheio de grandes arvores com centenas de ninhos de pássaros marinhos. Ir a Noronha e não conhecer este lugar é uma lástima.

 

BAÍA DOS PORCOS  Pense num lugar lindo! Agora multiplique por mil. A Baía dos Porcos poderia ser chamada de Baía dos Sonhos. É um encanto inesquecível pra nossa memória. Não há quem não se apaixone, quando suas águas transformam a praia numa grande piscina cercada de pedras, corais e outras piscinas deslumbrantes no meio dos rochedos, quando suas cores parece apresentar tons de azuis e verdes jamais vistos. O acesso é por umas pedrinhas vindo da Cacimba e antes de descer você já pode vir contemplando o Morro Dois Irmãos numa vista incrível e bem próxima! Mergulhar na baía dos porcos é se surpreender com peixinhos, arraias, moreias, polvos, caranguejos, tartarugas, eu já vi de tudo nesse recanto. Suspeito que eles compreendam o quanto é lindo esse pedaço de paraíso no paraíso!

 

PRAIA DA CACIMBA DO PADRE  É só chegar na Cacimba que você já se depara com a grandeza de um dos morros dos Dois Irmãos, vemos só um porque o outro morro fica perfeitamente alinhado na chegada à praia. O segundo impacto é a força das ondas perfeitas para o surf na alta temporada (dezembro a março) e o contraste de um mar que mais parece uma piscina de tão calmo e límpido na temporada de mergulho (agosto a novembro). As ondas formam tubos tão perfeito que Cacimba virou sinônimo de paraíso para qualquer surfista do mundo! A praia tem uma grande extensão de areia, talvez a maior da ilha e fica ligada à outras duas belezas que você tem acesso à pé: a Praia do Bode e á Baía dos Porcos. A praia dos descolados tem acesso por uma estrada de barro, o ideal é ir de buggy pra passar um dia inteiro por ali. Almoçar nas barracas de praia que servem o peixe na folha da bananeira, sentar embaixo de um guarda-sol e curtir o brilho do mar, a brisa, mergulhar fazendo o símbolo do infinito entre os Dois Irmãos, finalizar o dia com um por do sol dos deuses, ser feliz e mais nada! Aventure-se um dia a voltar a noite de buggy pra esta praia, leve um bom vinho, beba na garrafa mesmo contemplando o céu! Eu garanto que você verá estrelas cadentes inesquecíveis! 

 

PRAIA DO BODE  A Praia do Bode com sua recém famosa pedra do bode e sua piscininha natural, bem no canto, parecem ter sido projetadas para criar o cenário perfeito para ver dali o belo por do sol com vista para o Morro Dois Irmãos. Uma ótima praia pra surfar, na temporada do surf, e uma delícia de lugar para descansar. Você pode chegar nela pela estrada ou ir caminhando da areia da Cacimba do Padre! Só lembre-se de levar bebidas e algo para comer se o plano for passar muito tempo, pois a praia é completamente selvagem, sem interferência humana alguma. Leve seu kit indispensável para curtir o sol e o mar, já que não tem sombra e o sol é forte. Não aconselho fazer snorkel nesta praia, não apenas pelas ondas, mas porque o mar tem um grande banco de areia e você não vai ver muita coisa além de algumas sardinhas e poucos peixes.

 

PRAIA DO AMERICANO O difícil acesso à essa praia é o que torna tudo ainda mais especial. Você so conseguirá chegar nesse pedacinho de paraíso selvagem se atravessar as pedras do Boldró ou descer o barranco da Pedra do Bode. Não existe outro caminho por terra.  A praia do americano é deserta e por isso é uma das preferidas para os casais que adoram exclusividade e privacidade. No canto direito tem uma caverninha secreta. Uma das experiências mais incríveis na praia do Americano é a desova das Tartarugas Marinhas e as aberturas dos seus ninhos, onde centenas de filhotes saem dos ovos e seguem direto pra o mar. É emocionante!

 

PRAIA DO BOLDRÓ  Que vibe boa tem esse lugar... Quase sempre está bem deserta como quase todas as praias da ilha. Quem chega pela Rua do Boldró, seguindo reto pelo @ProjetoTamar, já se depara com essa vista da praia que encanta os surfistas mais corajosos que surfam em cima da famosa Laje do Boldró e nos convida a descer para um mergulho. Na maré seca, as piscininhas são um atrativo e tanto para casais e famílias relaxarem rodeados de peixinhos. Ao descer a ladeira, você se depara com a Casa do Gerson, um barzinho pé na areia, cheio de redes e sombras de coqueiros e pés de maracujá. Se der sorte de conhecer o Gerson, um verdadeiro poeta da vida, pode puxar um papo com esse filósofo que você vai se encantar com a felicidade, simplicidade e verdade que ele transborda consigo. Um dos moradores mais queridos da ilha e o único que habita a Praia do Boldró.  Dizem que a praia leva esse nome, como uma junção da época dos americanos que a chamavam de Bald Rock, ou Pedra Careca, referindo-se à enorme pedra encravada na areia no começo da praia. Ao entrar no mar, ela é a única praia que você pode apreciar de um lado o Morro do Pico e do outro, os Dois Irmãos, as formações rochosas mais famosas de Noronha.

 

PRAIA DA CONCEIÇÃO  O impacto visual de estar bem próximo ao imponente Morro do Pico, é responsável pela vibe incrível desse lugar. Você vai entender porque considero a Conceição a praia mais completa de Noronha! Lá tem tudo! Fácil acesso tanto pela Vila dos Remédios quanto pela estrada da Teju-açu. Como é uma das maiores praias, é delicioso correr na areia pela manhã e dar um mergulho nas suas águas transparentes e se refrescar na ducha da banheira do bar e restaurante @BarDudaRei e tomar aquela geladíssima água de coco. Tem slack line, tem futevôlei, tem escolinha e aluguel de pranchas para a prática de SUP e surf! É a queridinha dos moradores que batem ponto todos os dias no entardecer para contemplar o belíssimo por do sol. Ah... o por do sol da Conceição é mágico! Tanto da areia, do mar e dos barquinhos que lá ancoram para assistir ao espetáculo. No cantinho da praia, a escultura encravada no alto de uma pedra, não sei se é da Nossa Senhora da Conceição, ou Yemanjá, só sei que ela já deve ter presenciado muitas marolas, muitas festas, casamentos de praia e casais que sempre dão uma paradinha alí embaixo para uns beijinhos!

 

PRAIA DO MEIO  Essa praia de águas calmas e límpidas durante a maior parte do ano é completamente selvagem, porém com ótimos acessos, sinal de internet, muito próxima da Vila dos Remédios e com um restaurante maravilhoso bem ao lado. Na maré seca ela revela pequenas piscininhas naturais em suas formações de corais bem no rasinho. É perfeita para pegar um bronze, relaxar na areia, fazer SUP, apneia (mergulho com máscara /snorkell) ao redor do Morro de Fora. Nas noites de lua cheia, tomar um banho em suas águas mornas vendo a lua nascer é uma experiência fantástica! A vista é de tirar o fôlego logo na sua chegada pelo alto de um desfiladeiro onde os carros podem descer a ladeira até chegar bem próximo da areia. Mas você também pode chegar pelas pedras da Praia do Cachorro de um lado ou pelo outro lado vindo da Praia da Conceição, atravessando a minúscula península onde se localiza o Bar do Meio, e ainda existe um outro acesso: a trilha da Gameleira Gigante, seguindo reto à esqueda do Bar do Cachorro. É fácil de chegar, difícil é querer sair!

 

PRAIA DO CACHORRO  Ela é bem pequena, linda, quase sempre calminha e de fácil acesso! Suas águas rasas, mornas e transparentes são disputadas entre arraias prego, banhistas, peixinhos e alguns cães que adoram se refrescar e fazer stand up paddle com seus donos. Ela guarda belas piscinas naturais. Por ser de fácil acesso, localizada abaixo do Bar do Cachorro, na Vila dos Remédios, ela é muito frequentada por moradores e turistas que preferem sentar em barracas "pé na areia" com serviço de petiscos, drinks e água de côco.

#dicasdenoronha

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.